Pular para o conteúdo principal

Era uma vez... - Cármen Cinira

 Frases e Mensagens Espíritas

Era uma vez...


Era uma vez Cármen Cinira, 
Um coração Cheio de sonho e flor, que mal se abrira 
Nos jardins encantados da ilusão... 
Estraçalhou-se para sempre 
Na voragem 
Das trevas, dos abrolhos!...

Era uma vez Cármen Cinira... 
Uma suposta imagem 
Da perene alegria, 
Mas que trouxe em seus olhos, 
Eternamente, 
Essa amarga expressão de alma doente,

Cheia de pranto e de melancolia!... 
Cármen Cinira! Cármen Cinira! 
Que é da minha cigarra cantadeira? 
Embalde te procuro. 
Por que cantaste assim a vida inteira, 
Cigarra distraída do futuro?

Perturbada, Aturdida, 
Busco a mim mesma aqui nesta outra vida... 
Onde estou, onde estou? 
Minha vida terrena se acabou 
E sinto outra existência revelada!

Não sei por que me sinto amargurada... 
Sinto que a luz me guia 
Para a paz, para um mundo de alegria. 
Mas, ó imortalidade 
Se na Terra eu te via

Como a aurora divina da verdade, 
Não julguei que inda a morte me abriria 
Esse cenário deslumbrante 
De outros sóis e de outros seres, 
E vejo agora 
Que não amei bastante, 
E não cumpri à risca os meus deveres!

A fagulha de crença 
Que eu possuía, 
Devia transformar numa fornalha imensa 
De fé consoladora, 
E incendiar-me para ser luzeiro.

Mas, ó Senhor da paz confortadora, 
Eu vi chegar o dia derradeiro 
Em minha dor, na máscara de festa, 
E a morte me apanhou 
Como se apanha uma ave na floresta. 
Experimento a grande liberdade! 
Todavia, Senhor, ampara-me e protege

Minha triste humildade!
Eu te agradeço a paz que já me deste, 
Mas eis que ainda te imploro comovida, 
Porque me sinto em fraca segurança; 
Deixa que eu guarde ainda nesta vida 
Meu escrínio de estrelas da Esperança.

Espírito: Cármen Cinira
Médium: Francisco Cândido Xavier 
Livro: Parnaso de Além-Túmulo
Frases e Mensagens Espíritas de Cármen Cinira