Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Julho, 2014

Manuel Quintão - Biografia

Manuel Justiniano de Freitas Quintão
Nascido em 28 de maio de 1874, na Estação de Quirino, Marquês de Valença, RJ. Desencarnado em 16 de dezembro de 1954. no Rio de Janeiro. Foi guarda-livros, depois de lutar com imensas dificuldades, como jovem sem recursos financeiros, nas posições mais modestas do comércio. Chefe de família numerosíssima, estudioso incansável, conseguiu, como autodidata, invejável cultura humanística. Foi jornalista. Ingressou na FEB em 1903, integrando-lhe o quadro social por 44 anos. Médium curador e espírita militante durante mais de meio século, exerceu cargos na Dire- toria da Federação Espírita Brasileira ao longo de vários decênios, inclusive a Presidência nos anos 1915, 1918. 1919 e 1929. Como membro do Grupo Ismael, foi sempre dos mais assíduos e proficientes no estudo do Evangelho de Jesus.  Traduziu diversos livros espíritas e publicou alguns de sua autoria, muito apreciados, dentre eles “Cinzas do meu Cinzeiro” (coletânea de trabalhos publicados no “Ref…

Objetivo da Encarnação

Objetivo da Encarnação
Qual é o objetivo da encarnação dos Espíritos?

Deus lhes impõe a encarnação com o objetivo de fazê-los chegar à perfeição. Para alguns é uma expiação, para outros é uma missão. Todavia, para alcançarem essa perfeição, devem suportar todas as vicissitudes da existência corporal; nisso é que está a expiação.

A encarnação tem também outro objetivo que é o de colocar o Espírito em condições de cumprir sua parte na obra da criação. Para realizá-la é que, em cada mundo, ele toma um aparelho em harmonia com a matéria essencial desse mundo, cumprindo ai daquele ponto de vista, as ordens de Deus, de tal sorte que, concorrendo para a obra geral, ele próprio se adianta.

A ação dos seres corpóreos é necessária à marcha do Universo, mas Deus, em sua sabedoria, quis que, por essa mesma ação, eles encontrassem um meio de progredir e de se aproximarem dele.

É assim que, por uma lei admirável de sua providência, tudo se encadeia, tudo é solidário na Natureza.

Os Espíritos que, des…

O Sofrimento para refinar o Espírito

O sofrimento é uma Evolução
Se considerarmos que o sofrimento é uma penitência e não uma forma de evolução do espírito, nos sentiremos como que nosso espírito estivesse preso ao nosso corpo carnal durante nossa existência.
Também teremos a sensação que somos vítimas do sofrimento imposto por Deus sem motivos.

A Doutrina Espírita com a evolução do espírito vem resolver esta questão colocando o sofrimento como uma forma de aprendizagem.


Desta forma o sofrimento, as angústias, as dores em que vivemos durante nossa existência passam de uma penitência a uma graça acalçada para a evolução do espírito.
Deus em sua inteligência suprema nos deixa ter as experiências terrenas como forma de refinamento de nosso espírito, só os erros podem mostrar o caminho dos acertos.

Nosso Deus em sua grandiosidade e bondade não deixaria sua criação sofrer ao acaso, o sofrimento sempre tem uma razão de estar acontecendo, normalmente é uma consequência de nossos atos e pensamentos nesta ou em outras existências.


Outra…

Batuíra - Biografia

Batuíra  Biografia
Antônio Gonçalves da Silva nasceu aos 19 de Março de 1839, em Portugal. Filho de humildes camponeses, tendo apenas completado a instrução primária, veio, com cerca de 11 anos de idade, para o Brasil, aportando na Guanabara a 3 de Janeiro de 1850.
Durante três anos trabalhou no comércio da Corte. Daí passou para Campinas (Estado de São Paulo), onde ficou por algum tempo até que se transferiu definitivamente para a capital paulista, que na ocasião deveria possuir menos de trinta mil habitantes. Aí, nos primeiros anos, foi distribuidor do Correio Paulistano. Naquele tempo, não havia bancas de jornal nos lugares públicos. A entrega se fazia à tarde, de casa em casa, e tão somente aos assinantes.
Diligente, honesto e espírito dócil, Batuíra, como entregador de jornais, ia formando amigos e admiradores em toda a parte. Muito ativo, correndo daqui para acolá, a gente da rua o apelidara o Batuíra, nome que o povo dava à narceja, ave pernalta, muito ligeira, de voo rápido, qu…

Humberto de Campos - Biografia

Humberto de Campos - Biografia
Escritor brasileiro, membro da Academia Brasileira de Letras, nascido em Muritiba, hoje Humberto de Campos, MA, em 1886, e desencarnado no Rio de Janeiro, em 1934. 
Foi jornalista e deputado federal. 
Produção literária variada quão vultosa, conheceu em vida física a 1ª edição do Parnaso de Além-Túmulo, manifestando-se a respeito dela pelo “Diário Carioca”, edições de 10 e 12 de julho de 1932, com os artigos intitulados “Poetas do outro mundo” e “Como cantam os mortos” (“A Psicografia ante os Tribunais”, de Miguel Timponi, páginas 60 a 64, 4ª ed. FEB). 
Liberto dos liames da carne, dois anos depois passou ele a valer-se, como Espírito, das faculdades mediúnicas de Francisco Cândido Xavier para a transmissão de importantes mensagens, como a que se inseriu nesta página, acoplada ao mesmo “Parnaso” que ele conhecera aqui na Terra e oriunda do mesmo “Além-Túmulo” por ele tenuemente vislumbrado, entre o assombro e a esperança, 
Ditou-nos 12 livros, sendo 9 so…

Liberdade para pensar e evoluir

Ser Autêntico

O preconceito praticado veladamente ou de maneira aberta contra alguém, pela raça, cor, pela crença ou até mesmo pela sua opção sexual é extremamente negativo ao plano de Deus.


Mostra um atraso na evolução espiritual porque o preconceito é proveniente de um julgamento, uma sentença contra alguém.


Todos somos filhos de Deus em igual valor, todos temos nossos erros, nossos carmas, não temos o menor direito de julgar o próximo.


Quando nosso pensamento é livre, sempre buscamos novos conhecimentos, nossa mente fica ansiosa por saber mais, isso é muito bom ao nosso desenvolvimento moral e espiritual, a mente é aberta e receptiva a novas idéias.


Estas novas idéias estão sempre delimitadas pela moral e pela evolução do espírito.


Se estamos presos a tabus antigos e preconceitos nosso pensamento não é mais livre, ele se torna escravo de si mesmo, sem a liberdade de decidir por ele mesmo, está preso a si mesmo a velhos tabus, desta maneira já não estamos sendo mais verdadeiros.


Para ser v…

Comunicação por Pensamentos - Espiritualista

Mecânica da Psicografia
No ser vivente, temos três elementos, o corpo físico, o corpo semi material denominado como perispírito e o corpo imaterial que é o espírito em sua essência.
A comunicação se dá quando os três elementos estão em sincronia, em primeiro plano a mensagem é feita de espírito para espírito, isto porque o espírito mesmo encarnado não deixa de atuar no plano espiritual, ele está ligado a matéria mas mesmo assim tem contato direto com outros espíritos desencarnados.
Quando um espírito como Emmanuel por exemplo, passava uma mensagem a Chico Xavier em um sistema que denominamos aqui como Psicografia, na verdade o Espírito de Emmanuel estava passando a mensagem ao Espírito encarnado de Chico Xavier que por sua vez, através de seu perispírito e seu corpo físico, transformava aquelas mensagens em escritas.
Primeiro o Espírito com sua força de ação e fé, seu desenvolvimento, recebe a mensagem e a imprime em seu perispírito em forma de energias, este perispírito já bem ligad…

Sexto Sentido ou Mediunidade

Sexto Sentido ou Mediunidade
Nosso corpo tem uma massa formada por matéria sólida de 30%, o restante é água, além disso temos a energia que circula por nosso sangue e músculos, são comandos que o cérebro envia através de terminais nervosos que dirigem a fala, os movimentos e todos os Órgãos que fazem parte de nosso organismo, além disso temos uma energia que transcende ao corpo, esta energia é a espiritual, ela tem influência em nosso espírito e em nosso corpo material através de nosso perispírito.
Corpo e mente geram energias que até podem ser captadas por aparelhos eletrônicos como o eletro encefalograma, no coração o eletrocardiograma e outros medidores inventados pelo homem com sua tecnologia, mas a energia espiritual não pode ser medida aqui na terra, ela é imaterial, não tem influência sobre aparelhos externos e nem reações químicas.
Através da energia de nosso espírito temos um sexto sentido que nos avisa de perigos eminentes, e ao mesmo tempo nos alerta quando as pessoas com i…

Ser Autêntico - Espiritualista

Ser Autêntico
Diante de uma eternidade infinita onde o espírito se evolui de uma simples centelha até uma luz em energia com conhecimento e depuração, com uma personalidade e uma individualidade própria, nossa vida aqui neste planeta é muito breve, muito rápida de comparada ao tempo em que o espírito atua.
Devido a isso uma encarnação em que se vive uma vida ociosa espiritualmente onde o único pensamento é manter aparências e nunca se expor, uma vida em que a falsidade atua a todo momento, onde o consumismo e a prepotência estão a flor da pele, se tornam um atraso na evolução do espírito.
Estes sentimentos são recheados de desavenças, ódios, preconceitos, mágoas e tudo que é de negativo no ser humano encarnado e no espírito, mas tudo isso acaba sendo vencido pelo tempo em que o espírito tem para se aperfeiçoar nas leis de Deus. 
A morte e o desencarne acabam sendo pequenas mudanças de ambiente, pequenas travessias de estado de vivência, o espírito após várias encarnações que passa já …